Para eletricistas: 5 cuidados com as instalações elétricas

1227 VISUALIZAÇÕES
Construção e Reformas imagem principal blog

Eletricidade é coisa séria! Por isso, somente profissionais qualificados podem mexer na parte elétrica de residências, empresas e indústrias. O conhecimento técnico de um eletricista evita imprevistos e problemas comuns, como choques e curto-circuito. Dessa forma, entender sobre o assunto é requisito básico para acertar nos procedimentos que permeiam as instalações elétricas. Veja, a seguir, alguns cuidados que você deve adotar em todo serviço!

5 cuidados com as instalações elétricas

1- Desligue o disjuntor antes do conserto

instalações elétricas e os cuidados com o disjuntor

Um dos erros mais comuns cometidos com as instalações elétricas ocorre antes mesmo do seu manuseio. Todos os eletricistas devem, obrigatoriamente, desligar o disjuntor ou a chave geral antes de iniciar qualquer conserto elétrico. Bloquear a fonte de energia antecipadamente garante segurança não somente para o profissional, como para todo o quadro elétrico do local.

2- Faça a derivação em tomadas com cabos encapados

Segundo a norma NBR 5410, a derivação em tomadas com fios desencapados é proibida. As partes vivas (desencapadas) dos cabos não podem ficar expostas. As tomadas modulares atuais possuem dois buracos próprios para fazer a derivação de forma adequada. Portanto, fique atento a isso ao fazer instalações elétricas!

3- Não seccione o fio neutro, e sim a fase

Essa é uma questão de segurança importantíssima: o fio fase elétrica deve sempre ser seccionado! No caso de iluminação em que o neutro tenha sido seccionado, o receptáculo da lâmpada fica energizado e pode causar choque elétrico na pessoa que for trocar a lâmpada. Logo, seccione sempre o fio fase, e não o neutro!

4- Isole bem as emendas

profissional mexendo em instalações elétricas

Emendas mal feitas ou mal isoladas nas instalações elétricas provocam aquecimento no equipamento e, consequentemente, aumento no consumo de energia. Além disso, podem causar mau contato e a possibilidade de fuga de corrente elétrica. O risco de choque elétrico é grande! Uma boa alternativa é colocar fita isolante nos fios desencapados e nas emendas.

5- Use produtos certificados

Todos os componentes usados nos processos das instalações elétricas devem ter certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Isso vale para fios, cabos, disjuntores, tomadas, entre outros itens. Adquirir e usar produtos sem esse atestado é um grande risco para seu trabalho, pois pode causar problemas referentes a consumo, choque e curto-circuito.

Está procurando um local de confiança para comprar produtos para instalações elétricas? Você está no lugar certo! A Chatuba, loja de materiais de construção (https://www.chatuba.com.br/) do Rio de Janeiro, possui diversos itens de qualidade em seu catálogo — e devidamente certificados pelo Inmetro! Nossa página de material elétrico está completa! Temos fios, cabos, tomadas, interruptores, geradores, disjuntores, quadros, caixas, tubos eletrodutos, conduítes e muito mais. Acesse o link e confira!

Gostou deste conteúdo? Confira outros artigos no nosso blog que podem ser úteis, como principais etapas de uma obra, dicas para montar o projeto elétrico residencial, o que é construçãos seca e importância do conduíte elétrico.

Compartilhe:

VEJA TAMBÉM